Revista Eletrônica Estácio Saúde, Vol. 3, No 1 (2014)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

EFEITOS DA FISIOTERAPIA NO DESENVOLVIMENTO MOTOR DO LACTENTE COM DEFICIÊNCIA VISUAL TOTAL

Maria do Céu Pereira Gonçalves, Tatiana da Costa Soares, Luzicácia Meira Santana

Resumo


RESUMO

Existem no mundo 1,5 milhões de crianças com deficiência visual total (DVT). Destas 75% são devido às causas previníveis. O sistema visual é responsável por captar 80% das informações e por integrar e coordenar os outros sistemas. A DVT pode causar grande restrição ao desenvolvimento psicomotor do lactente. Por este motivo a estimulação essencial é preconizada desde os primeiros dias de vida. Objetivo: relatar a evolução do desenvolvimento motor de uma criança com DVT, comparar os resultados com os da tabela ONCE (Organização Nacional dos Cegos Espanhóis) e verificar a idade de aquisição dos marcos motores. Metodologia: Relato de um caso. Os dados foram coletados do prontuário da paciente. Resultados: A lactente apresentou marcha independente aos 30 meses, entretanto quando comparado com a tabela da ONCE apresentou atraso na aquisição motora. Discussão: Na análise dos resultados percebeu-se que nos primeiros dois anos de vida a lactente teve frequência no tratamento comprometido devido às várias internações e seus pais apresentam limitações quanto à comunicação e interação com a lactente. A mãe e o pai são surdo/mudos, a mãe tem distúrbios comportamentais. Conclusão: Observou-se que a falta de assiduidade e o ambiente familiar inadequado contribuíram para a não aquisição motora no período proposto pela escala da ONCE, entretanto a criança teve bom desenvolvimento psicomotor quando se analisa as circunstâncias em que a mesma esta inserida. O ambiente por si só já é considerado de risco para o desenvolvimento pleno da lactente e ficou agravado pela deficiência visual total.


Texto Completo: PDF

Resultado de imagem para latindex