Revista Eletrônica Estácio Saúde, Vol. 7, No 2 (2018)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Perfil epidemiológico de Doenças Diarreicas Agudas notificadas no hospital municipal de Una-Ba no período de 2013 a 2014

Elisangela Reis Macedo, Maira Rodrigues Fernandes, Márcio Amorim Tolentino Lima, Lucas Ribeiro de Carvalho

Resumo


A doença diarreica aguda permanece sendo um dos principais problemas de saúde pública em países subdesenvolvidos. A transmissão é por via fecal oral através da ingestão de água e alimentos contaminados, que estão associados principalmente às condições precárias de higiene pessoal, falta de saneamento básico e baixo nível sócio-econômico. O objetivo da pesquisa foi analisar o perfil epidemiológico dos casos de DDA notificados no Hospital Municipal de Una-BA, no período de 2013 a 2014. Tratou-se de um estudo quantitativo, descritivo, com levantamento dos casos notificados a partir dos registros nas Planilhas de Casos - Impresso I da Monitorização das Doenças Diarreicas Agudas do Ministério da Saúde. Foram observados, um total de 444 casos de DDA, 297 (67%) em 2013 e 147 (33%) em 2014. O público mais afetado foi de 10 anos ou mais com 198 (44,6%) casos. Com relação à zona de ocorrência, 264 (59,5%) casos foram da zona urbana e 180 (40,5%) da zona rural. Em se tratando de notificações inadequadas, observou-se um número elevado no período de 2013. A conduta no tratamento mais freqüente foi a reidratação venosa com 224 (50,5%) casos. A DDA é, portanto, um assunto relevante e por isso é necessário que o município continue capacitando os profissionais de enfermagem para identificar, notificar e monitorar os casos já registrados. 


Texto Completo: Artigo completo.PDF

Resultado de imagem para latindex