Revista Eletrônica Estácio Saúde, Vol. 5, No 2 (2016)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

AVALIAÇÃO DA COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL ATRAVÉS DA ROTULAGEM DE SHAKES UTILIZADOS COMO SUBSTITUTOS DE REFEIÇÕES

Ludmilla Costa Sousa, Nayara Alcântara Silva, Ramona Baqueiro Boulhosa

Resumo


O objetivo foi avaliar, através da rotulagem nutricional, a composição nutricional de shakes utilizados como alternativa para substituir refeições, comercializados na cidade de Salvador, Bahia. A amostra foi representada por 12 shakes substitutos parciais de refeições. Formatou-se como instrumento de coleta uma lista de checagem baseada na Portaria nº 30 de 13 de janeiro de 1998 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A maioria dos shakes oferece o aporte calórico mínimo preconizado na Portaria nº 30/1998. Quanto ao percentual de proteínas, 25% das marcas avaliadas estão abaixo do mínimo exigido pela legislação. Relacionado ao percentual de lipídios, todas as marcas atingiram o percentual, segundo a legislação. Apenas sete vitaminas e três minerais foram ofertados adequadamente em todas as marcas pesquisadas. Das oito alegações nutricionais obrigatórias, apenas duas apresentaram total adequação dentre os shakes estudados. Nenhum dos shakes avaliados apresentou conformidade em todos os requisitos exigidos pela Portaria nº 30/1998.Descritores: Rotulagem de alimentos; Informação nutricional; Dietas da moda; Legislação sobre alimentos

Texto Completo: PDF

Resultado de imagem para latindex