Revista Eletrônica Estácio Saúde, Vol. 11, No 1 (2022)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

MATERNIDADE E PATERNIDADE NA ADOLESCÊNCIA: FATORES ENVOLVIDOS E IMPLICAÇÕES BIOPSICOSSOCIAIS

Carla Andréa Silva Souza, Maria Lucilândia de Sousa, Nadilânia Oliveira da Silva, Vaneska Hellen Campos Araruna, Héryka Laura Calú Alves, Grayce Alencar Albuquerque

Resumo


Objetivo: discorrer sobre os fatores e as implicações biopsicossociais envolvidas na maternidade e paternidade na adolescência. Método: Trata-se de uma revisão narrativa, com busca de artigos realizada entre outubro e novembro de 2019, sem recorte temporal, em inglês e português, na Medline, Lilacs e Scielo utilizando as palavras-chave “poder familiar”, “adolescência” e “gravidez”. Resultados: os fatores envolvidos encontrados foram a falta de diálogo com os familiares, não adesão aos métodos contraceptivos, baixo nível de escolaridade e socioeconômico, evasão escolar, menarca e sexarca precoce, raça. As implicações foram distúrbios de imagem, menor convívio com os pares, descontinuidade dos estudos, sentimentos ambivalentes, abdicação do ser adolescente, mudanças ou postergação dos projetos de vida. Considerações finais: os fatores e implicações mesmo relacionados se manifestam de formas diferentes para as mães e pais adolescentes. Verificou-se a necessidade de mais estudos sobre paternidade na adolescência e estratégias capazes de reduzir e/ou evitar as repercussões encontradas.


Texto Completo: PDF

Resultado de imagem para latindex