Referências em Saúde da Faculdade Estácio de Sá de Goiás - RRS-FESGO, Vol. 2, No 2 (2019)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

USO INDISCRIMINADO DE ANALGÉSICOS POR DISCENTES DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR: UM RISCO IMPERCEPTÍVEL

Sandra Oliveira Santos, Aneliza da Silva, Joana Darc Gomes dos Santos, Álvaro Paulo Silva Souza, Adibe Georges Khouri

Resumo


Introdução: A dor é uma experiência sensorial e emocional desagradável, cujo tratamento se dá por analgesia. Os medicamentos analgésicos são divididos em dois grupos, os opioides e não opioides. Esses últimos são utilizados em dores de grau leve à moderado. Devido à satisfação percebida ao uso neste sintoma referido, esses medicamentos são utilizados de forma indiscriminada, intensificando os danos que podem ocasionar. Objetivo: Verificar o uso de analgésicos por estudantes universitários sem indicação médica, além de relatar a frequência e a correlação com a carga horária trabalhada. Método: Realizou-se pesquisa descritiva com aplicação de questionário semiestruturado contendo oito perguntas acerca do uso indiscriminado de analgésico. Os dados foram analisados por softwares Microsoft Excel® e formulários Google®. Resultados: Obteve-se 277 respondentes, sendo que 73,3% são mulheres, sendo a maioria jovens com até 30 anos. Dos participantes 82,31% fazem uso de analgésico de forma indiscriminada e 80,14% trabalham até 8h diárias. Dos 92 participantes que disseram fazer uso de bebidas alcoólicas e 28,26% destes fazem uso de medicamento de uso contínuo. Dor de cabeça, seguido de cólica menstrual, dor nas costas, dor nas pernas e cólica intestinal, são as cinco maiores queixas de tipos de dores. Conclusão: O modo de vida associado à busca pela qualidade desta propicia um ambiente de inquietação quando o sintoma de dor surge nas pessoas, fazendo com que o caminho mais procurado seja a medicação indiscriminada. Tal situação foi percebida nesta pesquisa e verificou-se que a participação de leigos na indicação de medicamentos ainda é um fator agravante a esse quadro.

 

PALAVRAS-CHAVE: Analgésicos; uso indiscriminado; automedicação.

 


Texto Completo: PDF

Todas-as-logos-Copia
contador de acesso