Referências em Saúde da Faculdade Estácio de Sá de Goiás - RRS-FESGO, Vol. 1, No 1 (2018)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A venda do desejo: A representação social da prostituição

Kátya Alexandrina Matos Barreto Mota

Resumo


O fenômeno da prostituição existe desde os primórdios da humanidade e é tributário da formacomo se constrói a visão de corpo e sexualidade em uma época e também da moral vigente. Esteestudo pretendeu compreender a representação social da prostituição sob a perspectiva de profissionaisdo sexo e de representantes da população. Os participantes responderam a um questionárioque foi analisado posteriormente por meio da técnica de análise de conteúdo. Ao término dapesquisa foi observado que a representação social da prostituição por parte da população é de queessa profissão é ruim, vergonhosa e desprezível. Por parte das profissionais foi notório a experiênciaambivalente vivenciada na profissão, ora prazer pelos benefícios financeiros proporcionadospela atividade, ora pela condição de vergonha que a sociedade atribui às prostitutas.

Texto Completo: PDF

Todas-as-logos-Copia
contador de acesso