Revista Educação e Cultura Contemporânea, Vol. 2, No 4 (2005)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A "experiência de si"em um processo avaliativo de estágio docente no campo da educação matemática

Gelsa Knijnik, Fernanda Wanderer, Cláudio José de Oliveira

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo discutir um processo de constituição de uma experiência de si produzido por estudantes de quatro turmas do Curso de Pedagogia da Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS. O material de pesquisa está composto pelas narrativas das alunas quando da avaliação do estágio que realizaram na perspectiva da Etnomatemática, como parte das atividades curriculares de uma disciplina de Educação Matemática. As ferramentas analíticas que dão sustentação ao trabalho advêm das teorizações pós-estruturalistas de Michel Foucault, especialmente aquelas vinculadas a seus estudos sobre as tecnologias do eu, e das contribuições de Jorge Larrosa sobre o tema. A análise do material mostrou que, ao serem incitadas a se narrar, a se avaliar e a refletir sobre suas práticas pedagógicas, as estudantes fabricaram modos próprios de ser professora, aprendendo uma nova gramática para sua auto-interpretação e para a interrogação do outro. Tal gramática diz da importância de a professora gostar da matemática e fazer com que seus alunos dela também gostem, da relevância de tornar as aulas de matemática mais agradáveis e prazerosas e que a boa professora é aquela que reflete sobre sua própria prática.
Palavras-chave: Experiência de si. Educação matemática. Etnomatemática.

Texto Completo: Texto Completo

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.


Revista Educação e Cultura Contemporânea 2004-2019 | Universidade Estácio de Sá
ISSN online: 2238-1279

A REEDUC encontra-se indexada nas seguintes plataformas:
DOAJ PKP Google Acadêmico Periódicos CAPES
Educ@ Latindex BEE Clase UAM Livre Livre