Puçá: Revista de Comunicação e Cultura na Amazônia, Vol. 4, No 1 (2018)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

O CIBERFEMINISMO: Uma análise da atuação da ONG Think Olga na causa feminista por meio da hashtag #PrimeiroAssédio

Jessica Silva Almeida, Rita Soares

Resumo


Este artigo propõe-se analisar a campanha do twitter #PrimeiroAssédio, criada pela ONG feminista Think Olga, na qual foi elaborada após homens assediarem no meio internet Valentina de apenas 12 anos, que participava do reality show culinário Masterchef Junior Brasil. A hashtag convidou mulheres para contar a história do seu primeiro contato com assédio sexual. Neste trabalho será destacado a importância de uma comunicação pensada e feita por mulheres, tomando como referência dados de pesquisas bibliográficas e dados da violência contra a mulher. Utiliza-se o método de pesquisa explicativa por amostragem, em que considerações de pesquisadores a respeito do ciberfeminismo auxilia na compreensão do levantamento abordado, cujo resultado ressaltou a importância do empoderamento feminino por meio da informação, e a veiculação de uma comunicação pensada a partir de questões de gênero.

Palavras chaves: Feminismo. Ciberfeminismo. Empoderamento.


Texto Completo: TEXTO COMPLETO

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Puçá: Revista de Comunicação e Cultura na Amazônia.

ISSN 2526-4729

Faculdade Estácio do Pará (Estácio FAP)

Rua Municipalidade, 839 - Umarizal Belém – PA CEP: 66050-350

Tel: (91) 3198-1300

E-mail: revistapuca@gmail.com