Puçá: Revista de Comunicação e Cultura na Amazônia, Vol. 4, No 1 (2018)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

DISCRIMINAÇÃO RACIAL E O DISCURSO DE ÓDIO NO CIBERESPAÇO: O CASO TAIS ARAÚJO

Isabelle Cunha, João Felipe Neves de Oliveir, Rita Soares

Resumo


Resumo: No Brasil, práticas que atinjam a dignidade humana, por elementos étnicos raciais, são proibidas constitucionalmente. No mesmo conjunto de leis, está assegurada a livre manifestação de opinião, porém, esse princípio é sujeito a restrições, quando se choca com direitos fundamentais, como acorre nos casos de divulgação de conteúdo racista. O presente artigo analisa o discurso de ódio difundido a partir das redes sociais digitais. Tivemos como objeto de estudo comentários feitos no perfil pessoal de Tais Araújo no Facebook, em um autorretrato publicado no ano 2015. Mediante a análise, concluiu-se que o ciberespaço possibilita o livre exercício da liberdade de expressão, e que oportunos usuários se valerem deste direito para disseminar o discurso de ódio.

Palavras-chave: Racismo; Mídias sociais digitais; Ciberespaço; Liberdade de expressão; Discurso de ódio.


Texto Completo: TEXTO COMPLETO

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Puçá: Revista de Comunicação e Cultura na Amazônia.

ISSN 2526-4729

Faculdade Estácio do Pará (Estácio FAP)

Rua Municipalidade, 839 - Umarizal Belém – PA CEP: 66050-350

Tel: (91) 3198-1300

E-mail: revistapuca@gmail.com