Psicologia & Conexões, Vol. 1, No 1 (2021)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A ARTE (TERAPIA) COMO INSTRUMENTO NA TERAPIA COGNITIVO COMPORTAMENTAL: Uma Revisão Sistemática

Isabela Ferreira Rocha Nunes, Thainá Mineiro Lamão Moço, Luciana da Silva Celestino Pessanha, Eduardo Oliveira da Silva, Ana Cristina Gonçalves Dantas de Araujo

Resumo


A arte como ferramenta terapêutica é um recurso favorável, tendo em vista que facilita a expressão da subjetividade humana. O contato das pessoas com a arte evidencia características que constituem o ser humano, tais como a alegria, o medo, a angústia, a tristeza, entre outras. A arte também permite o indivíduo expressar suas vivências por isso é fundamental fazer uso da mesma em trabalhos terapêuticos para que os pacientes consigam emergir seu mundo interno, ampliando assim sua capacidade de reflexão sobre si e sobre o mundo. Considerando isto a presente pesquisa pretendeu cobrir uma possível lacuna no conhecimento, descrevendo a produção científica existente na literatura sobre o uso da arte instrumento terapêutico na perspectiva da terapia cognitivo comportamental. Foi realizada uma revisão sistemática de artigos completos sobre, “A arte (terapia) como instrumento na terapia cognitivo comportamental”. A busca foi realizada nas bases de dados: SciELO Brasil, Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) Brasil, PubMed e LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde), considerando o período de 2015 a 2019. Foram utilizados como descritores “Arte e Terapia Cognitivo Comportamental” e “Art and Cognitive Behavioral Therapy”. Foram considerados critérios para elegibilidade de artigos, assim como critérios de exclusão. A conclusão indica a escassez de pesquisas sobre a arte como instrumento terapêutico na perspectiva da terapia cognitivo comportamental, evidenciando a necessidade de ampliarmos os estudos sobre eficácia da arte na terapia cognitiva comportamental.

 


Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Universidade Estácio de Sá