Revista Eletrônica Estácio Papirus, Vol. 1, No 1 (2014)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

INDICADORES DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA EM UMA UNIVERSIDADE ESTADUNIDENSE: O CASO DA UMASS AMHERST

Flávio Augusto Serra Kauling, MsC., Flávio Augusto Serra

Resumo


A qualidade de uma instituição de educação superior (IES) é fator que importa sobremaneira em sua posição relativa na sociedade a quem serve e de cujos recursos se serve. Se a função da educação superior pode ser definida como o desempenho das atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão, estas são, por sua vez, mensuradas por indicadores de qualidade. Neste artigo, analisa-se os indicadores de uma instituição de reconhecida qualidade, pública e tradicional, na busca de contribuir para a discussão dos indicadores à disposição dos gestores universitários brasileiros e à prática da accountability. A IES em questão, a Universidade de Massachusetts Amherst, é a principal de um sistema estadual da região mais tradicional dos Estados Unidos, a da Nova Inglaterra, e atingiu, em 2010, a destacada posição de 20ª melhor universidade do mundo no ranking Times da Educação Superior. A metodologia empregada foi a de pesquisa descritiva documental, realizada em visita local à IES e por acesso a suas bases de dados online. As informações compiladas apontam um conjunto abrangente de indicadores, que inclui tentativas de fomento a políticas de inclusão social e étnica, bem como direcionamento dos temas de formação acadêmica e pesquisa por meio de bolsas e incentivos públicos. A reunião dos indicadores em quadro sintético serve como fonte bibliográfica para trabalhos futuros e referência para a discussão acadêmica sobre o tema indicadores.

Palavras-chave: indicadores, gestão universitária, qualidade, accountability.


Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.