Revista Mangaio Acadêmico, Vol. 1, No 2 (2016)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Obtenção do nitrato de cobre (II) através reação química do cobre com ácido nítrico

Iury Alves de Menezes Brito, Vitoria Fernanda Jovelino de Pontes, Tatiana Rúbia Soares de Carvalho, Luciano Nascimento, Anastasiia Melnyk

Resumo


O cobre tem propriedades especiais que o tornam adequado para aplicações industriais. Possui alta condutividade térmica e elétrica, excelente ductilidade e resistência à corrosão. Mas pode sofrer corrosão severa em meio ácido. Ao adicionar fio de cobre no erlenmeyer contendo ácido nítrico concentrado a concentração: 65% PA, ocorre uma reação exotérmica com dissolução rápida. O cobre reage com o ácido formando nitrato de cobre (de coloração verde), liberando óxido de nitrogênio e água. Por apresentar um forte agente oxidante na sua estrutura, (ânion NO3-) o ácido reage com cobre. Observou-se que o gás desprendido observando-se não só o desprendimento de NO2 vermelho-acastanhado, mas também a formação do nitrato de cobre (II), de coloração azul. O gás NO reage com o O2 do ar, formando NO2. A cor verde da solução é produzida pela combinação da cor azul do íon Cu2+ aquoso com a cor castanha do dióxido de nitrogênio dissolvido.

Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.