Journal of Health Connections, Vol. 1, No 1 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

CONHECIMENTO DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM SOBRE AS ESCALAS DE AVALIAÇÃO DA DOR EM PEDIATRIA

Ariane Caroline Alves Santos, Geyse Carla Santos Melo, Marcony Santos Inácio, Gilmara Carvalho Nascimento, Míriam Geisa Virgens Menezes, Amanda Francielle Santos, Rafaela Ribeiro Machado

Resumo


 A dor em pediatria é um fenômeno complexo, o que exige do profissional responsável por seu tratamento elevado conhecimento sobre o seu manejo. Objetivo: Avaliar o conhecimento dos profissionais de enfermagem sobre as escalas de avaliação da dor em crianças hospitalizadas. Material e Método: Trata-se de uma pesquisa descritiva e exploratória, com abordagem quantitativa. O estudo foi desenvolvido no internamento pediátrico do Hospital de Urgência de Sergipe, no município de Aracaju Sergipe no período de setembro a outubro de 2016. A amostra foi probabilística, consecutiva por conveniência. A coleta de dados foi realizada pelos pesquisadores através de entrevista semiestruturada com a equipe de enfermagem. Resultados: Participaram do estudo 43 profissionais de enfermagem. Os dados demonstram que 65,1% dos profissionais avaliam diariamente o quinto sinal vital das crianças, 41,9% dizem utilizar o choro para avaliar a intensidade da dor, 100% afirmam registrar a dor no prontuário embora não utilizam métodos validados para mensurá-la. Conclusão: Os resultados demonstram que os profissionais não possuem conhecimento suficiente sobre as escalas de avaliação de dor em pediatria.

Descritores: Pediatria. Dor. Manejo da dor. Percepção da dor. Enfermagem.


Texto Completo: PDF 18-29