Igualitária: Revista do Curso de História da Estácio BH, No 10 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A Abolição Da Escravidão No Brasil: Um Debate Historiográfico

Gisele Caroline Raimundo, Jadson Luiz da Cruz Leonato, Cristiany Miranda Rocha

Resumo


Esse artigo tem como objetivo analisar as obras: O Abolicionismo, de Joaquim Nabuco; Formação do Brasil Contemporâneo e História Econômica do Brasil, de Caio Prado Júnior; Da Senzala à Colônia e Da Monarquia à República, de Emília Viotti Da Costa e Visões da Liberdade, de Sidney Chalhoub. Discutimos a partir dessa análise, as diferenças entre essas importantes obras da historiografia brasileira, no que tange a participação dos escravos nos processos históricos que culminaram na abolição da escravatura. Buscamos compreender como cada uma dessas produções historiográficas, entendeu a contribuição dos negros escravizados para a vitória do abolicionismo.


Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Igualitária: Revista do Curso de História da Estácio BH © 2012 Todos os direitos reservados.