Revista Ciência (In) Cena, No 3 (2016)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

ANÁLISE DA RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO DO CONCRETO COM ADIÇÃO DE FIBRAS DE PAPEL, PROVENIENTES DE SACOS DE CIMENTO TRITURADOS

Newton José Curvelo Soares Júnior, Landson Soares Marques

Resumo


O presente trabalho busca analisar a resistência à compressão do concreto com a utilização das fibras de celulose do saco de cimento na elaboração da mistura do mesmo, verificando sua influência e buscando assim uma alternativa de evitar o descarte deste resíduo. Desta forma, foram elaborados corpos de prova seguindo esse procedimento. A fibra de celulose foi preparada a partir da trituração do saco de cimento e incorporada em percentuais crescentes no concreto utilizado na moldagem dos corpos de prova. Estes foram posteriormente submetidos ao teste de compressão padrão até as suas respectivas rupturas. Resultando em dados de resistência à compressão para diversas proporções de incorporação, possibilitando a análise comparativa entre estas. Aos 28 dias de idade do concreto com incorporação de 25% das fibras, registrou-se em um acréscimo de 24,05% na resistência, alcançando 21,17 MPa contra 17,07 MPa do concreto sem a mesma. Entre as proporções de 100% e 0% chegou-se a uma acréscimo de 3,23% com a incorporação, que em conjunto com a diferença inferior a 0,01% para proporção de 75%, demonstraram que a incorporação entre 75 e 100% levam a valores de resistência muito próximos aos do concreto sem incorporação.

Texto Completo: PDF

INDEXADORES: