Revista Ciência e Sociedade, Vol. 1, No 1 (2016)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

O POTENCIAL FUNCIONAL DA BIOMASSA DE BANANA VERDE (Musa spp.) NA SIMBIOSE INTESTINAL

Carlany Rodrigues de Oliveira, Marcela Brito dos Santos

Resumo


A banana tem sua origem remota atribuída a Ásia e hoje é cultivada em várias regiões do planeta sendo o Brasil o segundo maior produtor de banana do mundo, entretanto, ocorre excesso de desperdício proveniente das técnicas de colheita e pós-colheita inadequadas. O uso da banana verde constitui alternativa para a redução nas perdas da produção, porém a maior relevância em sua utilização é o fato desse alimento ser composto por uma grande quantidade de fibras, vitaminas, minerais e amido resistente (AR), que destaca-se pelo elevado percentual encontrado no fruto ainda verde e pelas vantagens oferecidas em sua metabolização tornando-se relevante na promoção da simbiose intestinal.  Objetivou-se com este trabalho investigar o potencial funcional da biomassa de banana verde e seus benefícios na simbiose intestinal. Foram realizadas pesquisas em artigos científicos nas bases de dados da Scielo, Lilacs, e literaturas relacionadas à temática estudada. Não obstante a necessidade de maiores estudos, relaciona-se o consumo da biomassa à ocorrência de inúmeros benefícios para o organismo humano, em especial para a microflora intestinal, onde são estimulados o combate a disbiose e prevenção de doenças colônicas, devido especialmente a presença do amido resistente, que durante seu processo de fermentação pelas bifidobactérias colônicas advém à produção de vitaminas e ácidos graxos de cadeia curta que possibilitam o próprio desenvolvimento dessas bactérias, inibem a ação de microrganismos patogênicos e aumentam a imunidade intestinal.

Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Faculdade Estácio de Macapá, Av. Ver. José Tupinambá, n. 1223. Jesus de Nazaré. CEP: 68908-126. Macapá-AP.