Revista ADM.MADE, Vol. 15, No 1 (2011)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Utilizando os Passos da Teoria das Restrições para a Melhoria Contínua da Produção: um Estudo Aplicado a uma Fábrica de Jeans

Alessandro Pereira Alves, Tatiane Gomes Silva, Rodrigo Santana de Almeida, Samuel Cogan

Resumo


Este artigo apresenta o mapeamento do processo de produção de uma fábrica de jeans com potencial de incremento de produtividade. O objetivo principal foi investigar os principais problemas do seu processo produtivo utilizando as ferramentas da Teoria das Restrições (Theory of Constraints – TOC), que busca otimizar a produção de uma organização por meio da identificação das restrições do sistema, minimizando-as ou eliminando-as, e sugerir a implementação de mudanças a fim de melhorar o desempenho global da fábrica. Os resultados apontaram que a principal restrição era o excesso de erros no setor de costura ocasionado por um determinado grupo de costureiras. Sugeriu-se, então, a utilização das ferramentas citadas como forma de solução para as restrições. Agora, há a necessidade de aplicação, pela empresa, das sugestões propostas, de modo a evidenciar - ou não - a melhoria nos resultados, especialmente pela atuação direta na produção, eliminando as paradas, ainda que também pela mudança de perspectiva. A pesquisa realizada é aplicada e exploratória, e, para proceder ao levantamento descrito acima, foram realizadas entrevistas e várias visitas à fábrica.


Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Revista ADM.MADE - ISSN 2237-5139

Mestrado em Administração e Desenvolvimento Empresarial/Universidade Estácio de Sá

Av. Presidente Vargas, 642, 22o. andar – Centro

Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20071-001

Tel.: 21-22069743