Revista ADM.MADE, Vol. 23, No 1 (2019)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Um problema dos vivos: as consequências sociais das relações no mercado da morte

Klaus Pereira da Silva, Denise Franca Barros

Resumo


Consequências sociais das práticas dos agentes de mercado são observadas em indústrias com grande agregação econômica, mas é possível ampliar este universo de estudo em mercados menos evidentes, como o da morte. A presente pesquisa revela que o tema ainda é pouco explorado no campo da Administração, e uma análise de conteúdo de documentos públicos e de entrevistas pessoais com agentes do mercado carioca da morte apresenta consequências sociais graves. Os resultados revelam uma reforma nesse mercado, e consequências econômicas, ambientais, culturais e de saúde pública que impactam a sociedade como um todo, sobretudo a população de baixa renda. As iniquidades e as assimetrias de poder entre os agentes aprofundam consequências sociais negativas, que puderam ser apreendidas no mercado da morte sob uma perspectiva de Macromarketing.


Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Revista ADM.MADE - ISSN 2237-5139

Mestrado em Administração e Desenvolvimento Empresarial/Universidade Estácio de Sá

Av. Presidente Vargas, 642, 22o. andar – Centro

Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20071-001

Tel.: 21-22069743